Educação das Relações Étnico-raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana

A Responsabilidade Social encontra seu alcance nas questões pertinentes a Educação das Relações Étnico-raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africana (Resolução CNE/CP N° 01 de 17 de junho de 2004), com as seguintes estratégias

  • Inclusão de conteúdos e disciplinas das temáticas da Educação das Relações Étnico-raciais e da Educação Ambiental em disciplinas da matriz curricular dos cursos de graduação, discutindo permanentemente conteúdos e práticas voltadas para a Educação das Relações Étnico-raciais, consciência da sociedade multicultural e pluriétnica do Brasil, buscando relações étnico-raciais positivas, base da construção da nação democrática;
  • Os cursos de licenciatura e formação de professores garantem em suas matrizes formação adequada aos professores sobre História e Cultura Afro-Brasileira e Africana e os conteúdos propostos na Lei 11645/2008;
  • Desenvolvimento nos estudantes das licenciaturas e formação de professores as habilidades e atitudes que os permitam contribuir para a educação das relações étnico-raciais com destaque para a capacitação dos mesmos na produção e análise critica do livro, materiais didáticos e paradidáticos que estejam em consonância com as Diretrizes Curriculares para Educação das Relações Etnicorraciais e para o Ensino de História e Cultura Afro-brasileira e Africanas e com a temática da Lei 11645/08;
  • Inserção da temática em grupo de pesquisa existente na área de Educação, estimulando a pesquisa na área e possibilitando bolsas de iniciação científica na temática da Educação para as Relações Etnico-raciais;
  • Estabelecimento de parcerias, formais ou informais, com grupos do Movimento Negro, grupos culturais negros, instituições formadoras de professores, núcleos de estudos e pesquisas, com a finalidade de buscar subsídios e trocar experiências para aperfeiçoar planos institucionais e projetos pedagógicos.
Skip to toolbar