Inclusão Social

A inclusão social promovida e desenvolvida pela IES encontra ressonância em todos os seus cursos. Os Escritórios Modelos de Administração e Contabilidade prestam à comunidade serviços gratuitos especializados de grande valor. O curso de Serviço Social viabiliza ações que abrangem pessoas e grupos em situação de maior vulnerabilidade, bem como empresas e instituições que necessitem de apoio para a busca de soluções no âmbito social. O curso de Direito, por meio do Núcleo de Práticas Jurídicas, oferece atendimento nos seus diversos ramos, e mantém um Núcleo de Advocacia Voluntária. O curso de Pedagogia difunde sua ação na rede pública de ensino. O curso de Psicologia atua com o SEPA – Serviço de Psicologia Aplicada, destinado à comunidade interna e externa com serviços de alta qualidade  O curso de Educação Física é articulado com a Academia Nilton Lins e promove a participação dos nossos atletas em campeonatos locais e nacionais. A Enfermagem proporciona aulas práticas e estágios de atendimento preventivo com serviços ofertados à comunidade, até a sua atuação mais complexa nos postos de saúde, clínicas, prontos socorros e hospitais. O curso de Farmácia está intimamente voltado para a manipulação/produção e dispensação de medicamentos, insumos básicos e essenciais às ações de saúde desenvolvidas junto à comunidade, principalmente por meio de projetos que têm como ponto focal o trabalho com insumos naturais amazônicos, em parceria também com o Curso de Biologia, demonstrando a interação entre cursos e a interdisciplinaridade. O curso de Medicina desenvolve ações de educação em saúde, associado aos demais cursos da área, sempre promovendo prevenção em saúde.

O curso de Medicina Veterinária promove o controle das zoonoses prevalentes na região. Os cursos de Licenciatura foram criados pela correlação direta com a responsabilidade social da IES, uma vez que tem como meta a formação de docentes para atuar na democratização do ensino e na melhoria do sistema educacional.

Da mesma forma que no ensino, o tema responsabilidade social está definitivamente incorporado em todas as atividades que permeiam a pesquisa e a extensão. O desenvolvimento da pesquisa científica na instituição tem como objetivo maior ampliar os conhecimentos e consequentemente apontar novos caminhos para a busca de soluções de problemas que estão intimamente ligados às questões urbanas, ambientais e sociais dos amazônicos. O engajamento na pesquisa tem sido um processo crescente que já começa a revelar resultados na capacitação de recursos humanos e na melhoria das condições de vida da população. A Extensão Universitária também assume uma postura socialmente responsável como base para o desenvolvimento de todas as suas ações, tendo como escopo central e urgente a questão dos direitos humanos em uma sociedade marcada pela exclusão, conflitos e desigualdades estruturais, com situações de injustiça institucionalizada.

A Responsabilidade Social encontra seu alcance também nas questões pertinentes a Educação das Relações Étnico-raciais. Destacam-se a inclusão de conteúdos e disciplinas das temáticas na matriz curricular dos cursos de graduação, com o desenvolvimento de atividades acadêmicas, encontros, jornadas e seminários de promoção das relações étnico-raciais positivas para seus estudantes. A Universidade Nilton Lins desenvolve a Educação em Direitos Humanos enquanto eixo transversal presente no Regimento; no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI); nos Projetos Pedagógicos de Curso (PPC); nos Guias e Manuais destinados a alunos e professores; nos materiais didáticos  e  pedagógicos;  nos grupos de pesquisa e nas atividades de ensino e extensão; nos processos de gestão, e nos diferentes processos de avaliação.

No âmbito da pesquisa e pós-graduação, existe um direcionamento da Universidade Nilton Lins no sentido de que sejam realizadas pesquisas aplicadas e que possuam grande alcance social. Tal  posicionamento ajudou a instituição a receber três prêmios no ano de 2015, sendo dois deles em concursos de âmbito nacional (Prêmio Santander Universidades/2015, com o Projeto “Meu Guia”, de tecnologia assistiva para deficientes visuais); Prêmio PP SUS de Ciência e Tecnologia, pelo desenvolvimento de um gel de baixo custo para tratamento de feridas em pés diabéticos); e Prêmio Verde Innovare, com projeto de elaboração de produtos a partir de resíduos sólidos. Outra ação que merece destaque é a participação da Universidade Nilton Lins, desde 2013, no Programa de Iniciação à Docência (PIBID), no qual a IES contribui para o aperfeiçoamento e a valorização da formação de professores para a educação básica.

Skip to toolbar